AGL lança a primeira antologia O Florescer das Letras no Jardim do Sertão

Esta é uma obra semeada no II Encontro Gloriense de Escritores e Leitores (EGEL 2016), promovido pela Academia Gloriense de Letras, e que foi regada cuidadosamente pela professora Maria Luciola Santos. Na simplicidade das palavras é que se sustenta o desejo de fixar raízes e fortalecer o tronco da produção literária. A motivação pela valorização do potencial individual e coletivo é o principal objetivo dessa antologia. Sua plantação seguiu os passos necessários para uma boa safra. O terreno foi preparado, a semente foi lançada, a terra molhada todos os dias, as ervas daninhas (a falta de confiança) foram arrancadas uma a uma e o livro floresceu. Os jovens escritores da Escola Municipal Antônio Francisco dos Santos, do Bairro Jardim Sertão, em Nossa Senhora da Glória, presenteiam a todos nós com impressões apaixonadas dos canteiros que guardam essas flores juvenis. É necessário que os escritos contidos na obra exalem o perfume da leitura e da paixão pela escrita. E agora, nós, leitores, temos a missão de cuidar desse jardim. Por isso, coloque na sua agenda: Dia 16 de março de 2017, às 19h, no pátio da Escola Municipal Antônio Francisco dos Santos, acontecerá o lançamento da antologia "O Florescer das Letras no Jardim do Sertão".

LUCAS LAMONIER SILVA SANTOS

PRESIDENTE DA AGL (2017-2018)

AGL lança uma antologia de estudantes

O Florescer das Letras no Jardim do Sertão

Nesta quinta-feira, 16 de março, aconteceu na Escola Municipal Antônio Francisco dos Santos, em Nossa Senhora da Glória, mais um grande evento do ano acadêmico de 2017 da Academia Gloriense de Letras (AGL). Um momento ímpar em que a AGL trouxe a público a antologia "O Florescer das Letras no Jardim do Sertão", obra que reúne poemas e crônicas de 42 alunos da Escola Antônio Francisco dos Santos.

A publicação, idealizada e coordenada pelo acadêmico Lucas Lamonier, atual presidente da AGL, integra o projeto editorial da academia denominado "Primeiras Letras". O projeto pretende estimular publicações de alunos e professores do município e da região, como forma estratégica para o fomento da cultura letrada local. Para esta publicação, Lucas Lamonier contou com a colaboração dedicada da professora Lucíola Santos, que, num trabalho cuidadoso, promoveu uma mobilização junto aos alunos da escola para a produção dos textos que resultaram nessa belíssima obra.

O evento grandioso contou também com diversas apresentações culturais desenvolvidas sob a coordenação do Movimento Via Láctea (MVL), movimento cultural que integra a Academia Gloriense de Letras. Na abertura do evento, tivemos uma belíssima apresentação musical de Danilo Aragão, membro do MVL, e, ao longo da noite, tivemos diversas performances de dança e declamações dos alunos coordenados pelas professoras Viviane e Nara, também integrantes do MVL.

A noite festiva, aberta ao público, foi prestigiada por autoridades, educadores, artistas, escritores e comunidade. Estiveram presentes, dentre outras autoridades públicas, o Prefeito Chico, a Vice-Prefeita Adriana, a Secretária de Educação e Cultura, Maria Rosivânia, e as vereadoras Nininha e Maraísa; Entre outros educadores, os diretores de escolas Jonas, Luciana, Neide e Leovânia, as coordenadoras Maria do Carmo e Mirna; Entre outros artistas e escritores, Maria Barreto, Leila Teles, Samuel Pedral, Odair José e Jovens Cronistas do Sertão; além dos membros da AGL e do MVL, de estudantes, professores, familiares dos jovens escritores e da comunidade local. O evento ainda foi prestigiado, online, pelo escritor Domingos Pascoal que, por meio de videoconferência, cumprimentou os alunos autores da obra que estava sendo lançada.

Mais uma vez, a AGL ratifica seu compromisso de se tornar, cada vez mais, a grande mediadora das letras e da cultura de Nossa Senhora da Glória e uma eficiente promotora do desenvolvimento cultural da região.

JORGE HENRIQUE VIEIRA SANTOS

Diretor de comunicação e Intercâmbio (2017-2018)